Principais formas de Empreender Digitalmente

Olá, me chamo Mairon Vieira e desde jovem busquei sempre trabalhar pela internet e viver com liberdade. Não vou mentir, já fui cobrado pela minha mãe para fazer faculdade, mas não durei 1 semana porque achei um dispedício de tempo e de dinheiro, uma vez que meu sonho nunca foi passar em concurso e sim empreender.

Ainda tenho enorme gratidão por minha mãe permitir e ter paciência para que eu e meu irmão seguissemos o caminho que sempre sonhamos.

O Blog Empreender Digitalmente é uma ideia antiga que tenho de mostrar ou deixar gravado ideias que tenho de negócios, técnicas, algumas dicas para mim mesmo e principalmente para compartilhar os principais desafios e a jonarda como empreendedor digital. Contudo, depois do interesse de alguns amigos e conhecidos pela internet resolvi compartilhar, pois é muito mais fácil que responder cada um, ou até não responder e parecer nada educado. E portanto nos artigos espalhados no Empreender Digitalmente eu busco responder várias destas perguntas.

Portanto, se você está buscando formas de ganhar dinheiro sem trabalhar, promessas de ganhar uma renda, ou pirâmides que se aproveitam de outras pessoas, sinto dizer, mas você não encontrará neste blog.

O que significa Empreender Digitalmente? Empreender Digitalmente significa empreender através de negócios que tem em seu modelo de negócio em grande parte à utilização da internet como meio de trabalho, sendo o faturamento gerado de forma passiva (sem necessidade de estar toda hora realizando o trabalho) ou direta.

Porque se tornar um Empreendedor Digital? O Brasil está em uma fase de constante evolução no que diz respeito a negócios pela internet, o que significa que muitas oportunidades estão abertas, e o melhor ainda é que a concorrência não é tão grande como acontece em países como os Estados Unidos, que dizem por aí que estão uns 8 anos à frente de nós.

Como este blog eu não planejo vender nada, não vejo o motivo para compartilhar os meus ganhos pela internet. Contudo, posso dizer que grande parte deles vem do Adsense e de serviços para empresas.

Acredito também, que qualquer pessoa, não importando a idade, possa adquirir conhecimentos chaves para empreender digitalmente através da internet e conquistar a liberdade financeira que sempre buscou, seja ela quaiquer, como passar mais tempo com a família ou viajar…

O Blog foi dividido em:

Artigos: Aqui onde você encontra as principais ideias e formas de trabalhar ou ganhar dinheiro pela internet.

Ferramentas: Aqui você encontra as principais ferramentas que utilizo diariamente, as quais me possibilitam trabalhar pela internet.

Contato: Aqui é a página onde você pode entrar em contato comigo, ou também pode entrar em contato através da minha página no Facebook.

Como Empreender Digitalmente

Como dito acima, deu para ter uma ideia que existem várias maneiras de empreender digitalmente, os quais você verá nesse blog, mas  a forma mais divulgada atualmente, fazendo uma rápida busca no Google, é trabalhando promovendo produtos digitais, ou seja, como afiliado de algum produto.

Claro, que é uma ótima forma de começar algo, pois o seu investimento pode ser mínimo, mas, infelizmente apenas 5% conseguem ter sucesso e conseguem realizar sua primeira venda antes de desistirem completamente. Eu sei como é não ter sucesso.

Pensando nisso separei alguns artigos que poderá você a ter sucesso na internet, através de diversos tipos de negócios. Em cada uma das página abaixo você verá principalmente as minhas experiências pessoais e como eu obtive resultado em cada uma delas, e como você poderá copiar o modelo e ter seus próprios resultados, parece interessante, não?

Como Empreender Digitalmente como Afiliado

 

Como empreender digitalmente com sites

Como empreender digitalmente com mini blog

Como empreender digitalmente com adsense

Eu vou te dizer porque você deve entrar nesse mercado

Todos os dias milhares de empreendedores, comerciantes e empresários buscam por soluções digitais na internet, muitas destas relacionadas a criação de sites. É um mercado recente (mais ou menos 20 anos) e que durará ainda por muito tempo, pois não há, pelo menos até o momento, outras formas de compartilhar a informação através da internet, e será assim por muito tempo.

Ao contrário do que muita gente acha, atualmente para fazer websites não é necessário programação, e o melhor, eles tem um baixo custo e uma alta lucratividade. Além disso, seu modelo torna possível criar um sistema de monetização por assinatura, fazendo com que a sua agência tenha um crescimento sustentável e você não necessariamente tenha que vender todos os dias.

A criação de sites é um mercado de bilhões de dólares, e que você pode facilmente fazer parte. Para isso, deve entender como funciona o mercado, como realizar seu serviço e como promovê-los de forma barata com o foco no Retorno de Investimento.

O Passo a Passo para Empreender Online com uma Agência de Criação de Site sem Gastar Milhares de Reais

Eu vou separar este tópico em diversos tópicos que eu julgo importante para o sucesso de uma agência digital, são eles:

Produto – Neste tópico abordaremos como o seu produto deve parecer para conseguir atrair a atenção dos clientes e vender;

Preço – Neste tópico abordaremos as principais formas de cobrança e o preço ideal para cada serviço;

Tempo de desenvolvimento – Neste abordaremos as principais estratégias e o modelo de processo que você deve adotar pra não demorar meses para concluir um site;

Publicidade – Neste tópico abordaremos os principais meios para conseguir clientes diariamente sem gastar muito;

Produto: É um dos aspectos mais importantes do negócio, porque ele é o responsável por oferecer a vontade.

Empreender com aulas na internet

Se existe algo que você sabe fazer muito bem e faz bem feito, a ponto até de conseguir ensinar, isso talvez possa lhe render um bom dinheiro, e sem sair de casa. Basta que você se transforme em um professor e use a internet para capitalizar seus conhecimentos. Ou seja, dando aulas e repassando sua experiência para as pessoas.

Dar aulas pela rede de computadores não é tão complicado, mas exige determinação, estratégia e outros requisitos que, se colocados em prática da forma correta, podem render muito dinheiro. O primeiro passo é montar uma estratégia e definir metas, horários, sistema de trabalho e outros itens essenciais quando se pensa em ensino à distância via internet.

Uma forma de começar pode ser definindo o plano de aula, de modo que o ensinamento siga uma forma progressiva: vai do básico ao mais complexo. O interessado vai aprendendo os princípios da atividade até chegar ao ponto de saber executá-la com facilidade. Antes, porém, é necessário encontrar esse aluno e atrai-lo para suas aulas.

Esta etapa exige uma pesquisa para descobrir qual é o seu público e como chegar até ele. Feito isso, é hora de acertar o sistema de ensino e as plataformas a serem utilizadas. A internet permite inúmeras variações para oferecer o aprendizado e é possível trabalhar com áudios, vídeos, textos e manter uma interação com o aluno como se o aprendizado fosse oferecido de forma presencial.

Uma alternativa interessante é gravar o conteúdo das aulas. Por exemplo, se for ensinar música, pode gravar sons ou montar vídeos orientando as maneiras de se tocar o instrumento. Já se for oferecer tipo aulas de paisagismo, vale fazer vídeos externos. Por outro lado, caso a intenção seja oferecer disciplinas escolares, como matemática, português, ciências ou física, montar exercícios é uma boa saída para treinar o aluno. 

Um fator importante é que, independente do curso a ser ministrado, o investimento para lecionar pela internet tende a ser bem mais baixo que o ensino tradicional. Além disso as oportunidades são infinitas, sendo possível ministrar na rede virtual aulas de temas incomuns nas escolas, como de por exemplo de astrologia ou arranjos florais.

Mas para que tudo dê certo é preciso seguir as orientações listadas aqui e manter-se atento ao mercado. E isso conhecendo sempre o seu público e as novidades que surgem a todo momento na internet, a ponto de utilizá-las sempre que necessárias para alavancarem o seu negócio.

Empreender digitalmente vendendo produtos no Mercado Livre

Ele nasceu como uma plataforma de compra e venda de produtos, mas hoje virou ambiente de trabalho para muita gente. Trata-se do Mercado Livre, portal que movimenta milhões de reais diariamente no Brasil e que também pode vir a ser o seu ganha pão. Mas para viver de negócios nesse dispositivo virtual é preciso conhecê-lo bem e saber como são feitas as transações comerciais.

A primeira coisa é criar uma conta na plataforma. Outras questões importantes antes de se tornar um vendedor bem sucedido envolvem planejamento, conhecimento sobre o nicho de mercado e conhecimento da plataforma. Por exemplo, entregar as mercadorias com rapidez e igual ao que foi prometido faz com que a reputação do vendedor aumente, o que leva à ampliação dos negócios.

Isso porque, para quem está comprando, saber que do outro lado está uma empresa ou uma pessoa idônea, que sempre cumpre o acordado, é um diferencial que pesa muito na hora da escolha, até mais que o próprio preço da mercadoria. Afinal, não adianta pagar barato se não houver garantia de que o vendedor seguirá o que foi prometido na oferta.

Bom, a partir da boa reputação de vendedor, é necessário traçar uma estratégia de marketing digital. Observar a concorrência e criar vantagens fará com que seu produto tenha maior chance de ser procurado pelos compradores.

Outro ponto importante é ser direto e preciso naquilo que está sendo oferecido, colocando fotos, preços, prazo de entrega e outros detalhes que deixem o interessado confiante de que estará fazendo um bom negócio. A partir daí, conforme for vendendo, suas recomendações vão aumentando e a tendência é de que você ganhe cada vez mais dinheiro.

Ganhar dinheiro vendendo plataforma de criação de sites (Builderall)

Ganhar dinheiro vendendo em plataforma de criação de sites pode ser uma boa alternativa para quem busca uma renda extra. Afinal, hoje em dia o marketing digital movimenta por dia no Brasil milhões de reais em negócios que nem sempre são feitos diretamente entre comprador e vendedor. Muitas vezes existe um intermediário que oferece apenas o meio de aproximar essas partes para garantir a negociação. É mais ou menos isso o que propõe a Builderall, ou seja, juntar os chamados funis de venda para facilitar as transações comerciais via internet.

Nessa plataforma é possível ter acesso a diversas ferramentas automatizadas, que fazem aquilo que demandaria tempo e dificuldade para se conseguir sozinho. Você pode então usar esse sistema em benefício próprio ou para prestar serviço a terceiros, oferecendo por exemplo consultoria na viabilização de negócios. O Builderall pode ser usado por empresas, mas também por prestadores de serviços em diversas áreas e outros profissionais.

Com essa ferramenta é possível montar com facilidade um sistema de vendas online, através de páginas na internet. E contando ainda com os mais variados recursos para impulsionar o negócio, como o disparo de emails de marketing digital. Sendo assim, as chances da atividade se tornar lucrativa aumenta bastante.

A automatização do processo poupa tempo e ajuda o negócio a decolar. Um ponto importante é a facilidade de uso da plataforma, acessível não apenas para quem tem experiência em lidar com a internet, como também para as pessoas que ainda são cruas nos mecanismos virtuais.

No Builderal em pouco tempo você estará criando blogs, sites, vendendo produtos ou dando consultorias a empresas que buscam negociar ou melhorar a imagem através da rede mundial de computadores.

Empreender criando cursos online

Criar cursos na internet pode ser algo bem lucrativo, mas exige conhecimento, determinação e estratégia. Entre outras coisas, é preciso definir formato, materiais, conteúdos e estar por dentro do mercado. É preciso estar atento ao público que geralmente procura esse tipo de serviço, pois, costuma ser formado por pessoas que estão atrás do conhecimento, mas sem que tome muito tempo como nas salas de aula convencionais.

Também é necessário utilizar para a realização e divulgação dos cursos os portais na internet indicados para essas atividades. Entre as plataformas para o EAD (Ensino à Distância) podem ser citadas Apollo, Moodle, Eadbox e Samba Play.

Uma vantagem é o baixo investimento para iniciar o negócio e começar a atrair alunos. O uso de vídeos e outros recursos para ministrar os conteúdos são essenciais para que a iniciativa tenha maior chance de dar certo.

Após planejar tudo e ter os objetivos bem delineados, comece a colocar em prática suas táticas de venda e marketing. É necessário desenvolver ações voltadas a atingir seu segmento de mercado visando atrair seu público. Veja como seus concorrentes trabalham e busque oferecer um diferencial em sua atividade. Não se esqueça que, além dos pequenos negócios, também há grandes empresas operando na venda de cursos.

Quando você tiver tudo estrategicamente preparado, inclusive com relação ao formato e outros detalhes do curso, é hora de ir atrás do aluno. Mostre a ele que você oferece um bom material, como videoaulas, e com garantia de aprendizado. Tente interagir o máximo com os interessados para que eles conheçam, se inscrevam e passem a fazer parte de suas turmas.

O curso pode ser vendido como um todo ou as aulas serem comercializadas no sistema de assinatura. O ideal é utilizar um meio de pagamento online e, iniciado o trabalho, investir sempre na divulgação digital. Isso porque a propaganda costuma ser mesmo a alma do negócio.

Empreender dinheiro vendendo sites

Foi a época em que havia apenas o mundo físico, no qual era possível circular somente pelas ruas cheias de casas, edifícios e terrenos. Hoje muita gente passa mais tempo circulando é no mundo virtual, onde se navega em meio a sites, blogs, portais, redes sociais e uma infinidade de novos canais que surgem a todo momento.

Se no ambiente físico as pessoas vendem casas e terrenos, no virtual também ganha-se dinheiro, mas com sites, páginas de redes sociais e até domínios -que é quando você tem direito sobre o nome e ainda não constituiu nada com ele. Tipo ter um terreno vazio no mundo físico, mas sem qualquer construção.

Se na vida real fazer negócio demanda conhecimento e bastante trabalho, na rede mundial de computadores não é muito diferente. Mas com um detalhe fundamental, pois mesmo com um investimento muito baixo é possível começar a vender sites e faturar dinheiro em pouco tempo.

Em outros países, como nos Estados Unidos, a movimentação nesse mercado virtual é intensa. No Brasil já há certa efervescência na internet com a venda de sites e domínios. Os preços variam muito e com menos de R$ 100 é possível adquirir um domínio, que pode vir a se tornar um grande site e valer milhões.

Comprar um domínio é fácil, mas para criar um site é preciso ter conhecimento a respeito ou contratar um programador. A partir daí é bom definir e conhecer seu público, pensar no design da plataforma e, principalmente, em seu conteúdo. Hoje, além do domínio, do site, ou dos dois juntos, é possível vender depois até a tecnologia usada na plataforma.

Quem vende pode ter grandes lucros e, para quem compra, o negócio também tende a ser vantajoso. Adquirir um site ou blog já com muitos acessos é meio caminho andado para implementar o que se deseja e obter lucro.

Há ainda compradores que vão atrás de um site para aumentar o tráfego e comercializar depois por um valor ainda mais alto. Para viabilizar essas negociações, existem vários sites de compra e venda, entre eles o Flippa e o  Flipit.

A negociação leva em conta não apenas o tráfego de visitantes, mas também questões como quantidade de links no Google e citações no Facebook e Twitter. Então mãos à obra, faça seu site ou blog fluir e ganhe muito dinheiro sem sair de casa.

Empreender digitalmente fazendo campanhas de e-mail marketing para empresas

Dizem que em época de crise a melhor alternativa para quem tem uma empresa é ir atrás do cliente. No mundo virtual não é diferente e vale para qualquer momento. Uma das formas de se fazer isso é disparando e-mails, medida esta que pode ter boa eficácia e render um bom ganho a quem presta o serviço.

Para lucrar com o correio eletrônico, porém, é preciso respeitar as regras e fazer um acompanhamento sobre o retorno dessas mensagens. O e-mail marketing é útil para diversos tipos de campanhas, mas um dos cuidados necessários é o de evitar que ele seja visto como spam.

Hoje é difícil quem não tenha um email e as mensagens eletrônicas, que tomaram o lugar das cartas via correios tradicionais, chegam aos montes para as pessoas. Por isso, é preciso fazer com que o remetente não apenas receba a mensagem, como também abra o email e leia.

O email marketing, como é chamado esse tipo de mensagem comercial, pode conter somente texto ou dispor ainda de imagens, gráficos, links e outros recursos. Para enviar o email a diversos endereços e opções que atendam às suas necessidades, o ideal é usar plataformas que oferecem ferramentas específicas, inclusive, há algumas gratuitas.

Para quem não dispõe de capital, o email marketing é uma boa opção por exigir investimento mínimo. Você terá apenas que estudar bem o assunto e trabalhar muito para ter o retorno desejado e obter o lucro.

Empreender digitalmente com dropshipping

Você sabe o que é dropshipping? É uma forma revolucionária de e-commerce que vem fazendo muita gente ganhar dinheiro. As empresas lucram com o aumento das vendas e pessoas como você podem ganhar fazendo fluir esses negócios. E isso trabalhando em casa e sem ter de fazer grande investimento.

No dropshipping (que traduzido para o português significa algo como “envio de remessa”) você monta uma loja virtual sem precisar de estoque. Isso porque fica por conta de uma empresa possuir e entregar os produtos, ou seja, você vai apenas anunciar e encaminhar a venda. Assim sua loja virtual terá diversas mercadorias, mas de empresas parceiras.

Nesse tipo de negócio, para começar você precisa criar uma loja virtual e pensar no tipo de produto que terá à venda. Em seguida firmar a parceria certa e começar a fazer suas vendas. Claro que para isso será necessário ter um fluxo de visitantes no site e o ideal é que esses acessos sejam feitos por potenciais compradores.

Você poderá trabalhar de dentro de casa e não precisará se preocupar com estoque e entrega de mercadorias. Isso ficará a cargo da empresa parceira, que é quem fornecerá os produtos para o seu negócio. Cada vez que alguém compra algo você ganhará um percentual e estará lucrando.

Hoje grandes empresas, como a Amazon e a Americanas, já se utilizam desse sistema para alavancar a venda de mercadorias. Como elas completam a negociação iniciada no seu site e se responsabilizam por entregar a mercadoria, caberá a você apenas tratar do marketing, do atendimento ao cliente e buscar sempre impulsionar seus acessos.

O dropshipping é um tipo de negócio que tem crescido e atraído muita gente. Isso porque além de não necessitar de estoques físicos e ter baixo investimento, o risco de perda é muito baixo. Além disso, você poderá trabalhar com os mais variados tipos de produtos, atendendo uma clientela diversificada e que também lucra, ao poder fazer compra sem precisar sair de casa.

Empreender digitalmente com site guia online (Lista telefônica)

Você se lembra quando havia aqueles guias telefônicos grossos de páginas de papel para indicar endereços comerciais. Pois é, hoje praticamente essas publicações impressas desapareceram e em seus lugares surgiram as opções virtuais. São endereços na internet que funcionam como um guia, onde você encontra de tudo sobre uma determinada localidade ou produto.

Então, que tal criar um guia comercial para sua cidade, região ou para um determinado setor da economia. Para isso é necessário montar um site, achar os parceiros e vender os anúncios para eles. Sim, como em um guia de papel. Ou seja, a empresa, profissional autônomo ou outro interessado pode anunciar em sua página para ser localizado mais facilmente e atrair o cliente.

Ao preparar seu guia comercial é bom atentar para algumas questões. Caprichar no visual, oferecer opções aos clientes e conteúdos para atrair bastantes visitantes para a página são pontos a serem observados.

Somado a isso, você terá de reservar um tempo para correr atrás de anunciantes, pois, nesse tipo de atividade não é possível trabalhar 100% em casa. Apesar de que boa parte desses “investidores” você poderá conseguir por contato via telefone ou pela própria internet. Alguns, porém, talvez necessite de um contato direto.

Se você fizer a coisa direito e alavancar sua página, muitas empresas vão querem anunciar a marca em seu negócio. E assim seu lucro será grande e aumentará cada vez mais, de acordo com o fluxo de visitantes e o retorno maior aos clientes.

Empreender digitalmente com Designer (Logo, flyers e materias para empresas)

Ganhar dinheiro trabalhando em casa como designer gráfico não é difícil, mas é preciso ter conhecimento nesta área. Saber trabalhar com programas gráficos e ferramentas de uso desses profissionais é essencial. Também é necessário cumprir horários e saber divulgar seus serviços para atrair os clientes.

Hoje é difícil uma empresa que não tenha algum tipo de iniciativa na internet, seja através de sites ou redes sociais. Há ainda aquelas que necessitam de designer para a criação de materiais impressos. Você pode contatar todas elas de forma online, sem sair de casa, para iniciar seu trabalho.

Se você se especializar e for bom nisso, poderá ganhar muito dinheiro. O mercado dos designers é muito amplo e hoje vive em efervescência, tendo sempre muita gente precisando de quem domina esse setor. Os valores costumam ser negociados de acordo com o tamanho e a complexidade do trabalho.

O designer gráfico pode criar logos, flyers, montar artes para páginas virtuais e produzir materiais diversos para as empresas. Mas para se dar bem e ir somando clientes é bom definir uma rotina de trabalho com horários bem definidos e ficar atento aos prazos para a entrega das tarefas.

Criar um portfólio mostrando o que você sabe fazer e listando alguns trabalhos realizados é essencial para atrair clientes. O portfólio pode ser disponibilizado em plataformas que oferecem serviços de freelancers, isso ajudará a atrair mais demanda, principalmente, para quem está em início de carreira.

Vários desses sites são gratuitos, mas alguns cobram uma taxa sempre que você consegue algum serviço. A vantagem é que na maioria das vezes não haverá preocupação em levar calote, pois, o cliente deposita antes o dinheiro do pagamento, que é liberado logo após a entrega do serviço.

Em caso de dúvida sobre como proceder, há inúmeras publicações (incluindo ebooks) que indicam táticas para se dar bem nesse mercado. Alguns citam estratégias eficientes de pessoas que hoje vivem de fornecer esse tipo de material e ganham milhares de reais por mês com a atividade.

Então, está esperando o quê? Prepare-se para ser um grande designer e encher os bolsos de dinheiro!